Nadi shodhana pranayama

pranayama Prana é a energia vital, presente em todos os elementos vivos. Yama significa controle, mas o termo pranayama pode ser traduzido como expansão da energia vital, mais do que controle propriamente dito. Pranayama é uma importante parte do Yoga, que visa elevação dessa energia através de técnicas respiratórias. Nadi é um canal responsável pela passagem de prana, energia vital e cósmica pelo nosso corpo. Shodhana significa purificação. Portanto esta é uma técnica que purifica duas das principais nadis ao longo da coluna vertebral. Esses dois canais são responsáveis por equilibrar os dois hemisférios cerebrais, direito e esquerdo, solar e lunar, masculino e feminino. É considerado um dos pranayamas mais complexos por envolver a coordenação dos dedos, respiração, concentração nas fases da respiração e auto-observação.

Experimente

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=7XiKLWZjRBk]

Sentado numa posição firme e confortável, utilizaremos o polegar direito para obstruir a narina direita e o dedo anelar direito para obstruir a narina esquerda. Dedos médio e indicador podem ser apoiados entre as sobrancelhas ou flexionados em direção a palma da mão. Exale todo a ar. Obstrua a narina direita e inspire pela narina esquerda. Retenha o ar nos pulmões. Com pulmões cheios, obstrua agora a narina esquerda e exale pela narina direita. Inspire pela mesma narina direita. Retenha o ar. Exale pela esquerda. E repita algumas vezes, lembrando de fazer a troca de narinas somente com pulmões cheios. Ao se familiarizar com a técnica, acrescente o ritmo (um tempo confortável de inspiração, retenção com pulmões cheios, expiração, retenção com pulmões vazios), tornando a respiração regular e equilibrada.

Benefícios: Os yogues afirmam que, quando respiramos adequadamente usando o método das narinas alternadas, há uma interferência no nosso estado comportamental, provocando bem-estar (AMARAL, 1984). A prática atua diretamente no aperfeiçoamento da condição física, mental e emocional. A boa notícia é que esta é uma capacidade treinável e deve ser incluída no programa de treinamento integral. No Oriente, exercícios respiratórios são utilizados para controlar as funções fisiológicas através de antigas técnicas de meditação do Yoga, do Zen Budismo, do Ch'i-Kun, acionando um mecanismo involuntário parcialmente ligado ao sistema nervoso. Assim influenciam diretamente as atividades mentais e equilibram as respostas emocionais. Ficamos menos ansiosos e estressados, ao mesmo tempo que estados de depressão e letargia são minimizados. A sensação de bem-estar é imediata. Mas com a prática constante, vamos gradualmente nos tornando  "ativamente calmos e calmamente ativos".

Expire e Inspire-se!

Comments are closed.