Biografia

Foram mais de 20 anos de pesquisa de movimento, treinamento, esportes, competições e aventuras antes mesmo da faculdade de educação física, além de especializações, cursos de formação, conferências e vivências. Vivo e respiro diariamente o que ensino. Minhas referências são muitas, utilizo ferramentas que aprendi durante anos de estudos e dedicação a práticas de bem-estar físico, emocional e mental.

O Treino Gaia, portanto, é uma compilação das minhas experiências de movimento e influências filosóficas.

A capoeira surgiu na minha adolescência: meu aniversário de 15 anos foi numa roda. Depois veio a preocupação com a  aparência, me empenhei na musculação e comecei a correr.  Me formei em hotelaria para poder viajar, mas acabei me tornando chefe de cozinha aos 20 anos. Embora adorasse cozinhar, me deixava triste ter que ficar trancada, trabalhar muitas horas e parar de praticar meus esportes. Vendi meu carro e fui morar na Austrália pra fazer um curso de especialização em Marketing, com o objetivo de ampliar meus horizontes profissionais.  Lá comecei a surfar, que era meu sonho! Com 22 anos, enquanto estudava período integral na faculdade, trabalhar aos finais de semana das 23h as 4h ou 5h da manhã no McDonalds, ainda encontrava tempo pra nadar. Dei as minhas primeiras  aulas da vida de natação para crianças, orientada pelo meu técnico australiano do centro aquático de Manly, Sydney - esporte era mesmo o que eu gostava.

Voltei a São Paulo, desacreditada do Marketing e voltei a trabalhar em restaurante, mas dessa vez focada nos treinos de triathlon, nas aulas de yoga, e ainda alguns esportes de aventura de vezes quando - canoa havaiana, rafting, rapel, mountain bike, escalada. Foi quando fui convidada a participar do reality show NO LIMITE. Eu, bem bicho-do-mato, não quis, mas só até saber que ganharia um carro só de participar da prova! Então fui e finalizei a competição em segundo lugar - mas cheguei na frente (perdi por conta de uma bandida garrafa…mas isso é outra história!)

As coisa mudaram bastante depois de eu ter aparecido na TV. Fiz alguns trabalhos como modelo.  E descobri que o mundo das aparências realmente não me satisfazia. E aos 24 anos, apesar do corpo que conquistei com meu estilo de vida ativo e saudável, fazia cada vez menos sentido investir nisso, ao tempo que o Yoga passou a tomar dimensões maiores na minha vida.

Foi na acadêmia Única, de Treinamento Funcional, do Professor Luciano D’Eliia  que uma amiga me deu a dica para prestar o vestibular pra Educação Física, e aos 26, comecei de novo. Foi um tempo muito feliz! As competições duraram mais um pouco, desta vez com os esportes de vento: vela oceânica e hobbie 16. Até que desisti da carreira olímpica rs e mergulhei nos estudos de Yoga. Fiz formação em Iyengar com o Professor Kalidas, Hatha Yoga com Osnir Cugenotta e Thai Yoga Massagem com Javier Sunder. Foi uma época puxada. Me formei na com a faculdade nom mesmo ano que conclui o curso de Ayurveda, pela Clinica Dhanvantari e Biopsicologia, pelo Instituto Visão Futuro.

Em 2008 quis conhecer de perto o que vinha estudando e fui para India com o grupo do Palas Athenas, para vivenciar e estudar suas filosofias. A prática de yoga foi ficando cada vez mais sutil. Fui quatro vezes a Índia e uma ao Nepal, participei de aulas, workshops, vivências de Yoga e meditação. Participei de aulas, conferências e festivais também na Califórnia e no Hawai. Experimentei muitos método e estilos de Yoga: Ashtanga, Vinyasa, Kundalini, Integral, Gravitacional, Aéreo, Budokon. Tenho uma natureza curiosa e gosto de explorar o que cada um pode me ensinar - cada estilo, cada professor.

Aos poucos minha prática se tornava algo diferente que não se enquadrava em nenhum estilo. O Yoga era mais uma prática da mente que do corpo, e meus estudos do movimento me levaram até Ivaldo Bertazzo. E me fizeram voltar o olhar para o movimento humano, aplicado ao dia a dia. Voltei a estudar o Treinamento Funcional e me certifiquei pelo sistema do Core360º.   Busquei referências de métodos orgânicos  e me certifiquei em movimento natural pelo MovNat, no Canadá.  No Brasil, fiz workshops  do Ido Portal, de Calistenia e Bioginática.

Desde 2015, estou bem envolvida com o Treinamento Fascial e do movimento a partir do tecido conjuntivo, da integração do corpo e da mente, emoção e função.  Estudo diretamente com Professor Johannes Freiburg, criador do método ‘Tensegridade Funcional’, e Markus Rossmann, do ‘Fascial Fitness’ da Alemanha.

Em 2016, fiz o curso de “Liderança para Transição” na Schumacher College, Inglaterra, me possibilitou ressignificar, alinhar e fortalecer o propósito do treino, que é integração do ser com ele mesmo, com o outro e com a natureza e fiquei feliz em fazer parte dessa pequena parcela que está agindo para transformar o mundo (nem que seja meu muito pequeno mundo!). Instintivamente já havia feito isso, e o curso me ajudou a organizar os conceitos de sustentabilidade, ecologia, espiritualidade, economia, comunidade para que os trouxesse para área da educação física.

Hoje, além da prática do Treino Gaia, faço aulas de parkour, de fascial fitness e surfo aos finais de semana. Gosto de escalar árvores e ficar de cabeça pra baixo.

Este ano comecei os estudos do movimento somático com o método 'Body Mind Movement', que sugere um caminho de transformação pessoal através da anatomia vivencial, do toque e do movimento. Desperta a inteligência do corpo, para facilitar a auto expressão, transformação e consciência potencializando a capacidade do organismo de se autorregular em direção á saúde.

Em 2016, lancei meu primeiro livro, “TREINO GAIA, UMA FORMA NATURAL DE PRODUZIR, PENSAR E RESPIRAR O MOVIMENTO” pela Phorte Editora/SP.

Muito prazer, essa é uma parte de mim.

Herica Sanfelice,

Criadora do Treino Gaia.
Educadora Física, com especialização em Yoga, Ayurveda e Biopsicologia.
Certificada em diferentes métodos de movimento: CORE 360º, Método Bertazzo, MovNat e Tensegridade Funcional.
Palestrante laboral.
CREF: 063909-G/SP